A perfeição divina aplicada a arte e ao design

Muitos artistas clássicos procuraram a perfeição em seus trabalhos e devemos muito a eles, todo mundo que estuda design já ouviu falar de número de ouro, proporção áurea ou sequência de Fibonacci e temos até programas como o Painter, que já vem com ferramentas embutidas para tal. A grande questão é saber usá-la, você sabe como usar a proporção áurea em seus trabalhos? Consegue identificar trabalhos que usaram estes números de ouro? Numa aula do Mestre Wollner eu tive um belo deslumbre deste conceito aplicado ao design.

Pois bem, acho que o grande problema é que nos limitamos muito a proporção divina clássica, feita por metades duplicadas e crescentes, de onde Fibonacci criou sua espiral famosa, a famosa sequência 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, 144, 233, 377, …

Ou mesmo na imagem imortal do Homem Vitruviano de Leonardo da Vinci.

Mas devemos ampliar a visão sobre estes números e vemos a curvatura e seus semi círculos, juntamente com suas angulações e com isso conseguimos várias formas de aplicação da regra, como a estrela, o pentagrama e várias outras formas que utilizam esta proporção formando grades construtivas muito úteis, como podem ver abaixo:

Eu sempre lia sobre o assunto, mas não conseguia ver isso aplicado na natureza, por exemplo, mas foi em um vídeo que consegui vislumbrar esta regra na sua mais perfeita forma, confiram também abaixo o vídeo:

A Cultura lançou também uma série de vídeos chamados Arte e Matemática, lançados em DVD, onde um deles trata do número de ouro. Abaixo um trecho dele que fala de Fibonacci:

A proporção visual em um trabalho de design tem muito mais a ver com o número de ouro, do que com simetria. O belo nem sempre é simétrico, mas é confortável aos olhos, mostra ao nosso cérebro a equivalência de pesos em um layout ou obedece a ergonomia de nosso corpo, no caso de uma cadeira. Claro que não é fácil e para aplicar a regra com perfeição, é preciso muito estudo teórico e prático sobre o assunto.

Abaixo seguem alguns ótimos exemplos de aplicação de proporção áurea na arte e no design, trabalhos que inspiram a perfeição! Espero ter ajudado a tantos outros que sabiam o que eram, mas não sabiam como usá-los.

Comentários

comments

Compartilhe

Sobre o autor

Designer apaixonado pelo que faz, fundador e editor do DESIGN on the ROCKS. Brasileiro, natural de Jacareí - SP. Atualmente trabalha como Freelancer de gráfico e produto.

Veja todos os artigos deDomenico Justo

6 comentários

  1. brunuo

    No fim, nunca encontrei alguém que explicasse como usar e quando é conveniente. Acho essa uma ferramenta que fundamentaliza muito bem um trabalho, mas ainda nao aprendi como usar.

    1. Antônio

      Sugiro ler o livro Divina proporção: aspectos filosóficos, geométricos e sagrados da seção áurea. ROCHA JR., Antônio Martins. Fortaleza: Expressão Gráfica Editora, 2011 (disponivel na Livraria cultura)

  2. paulo

    É porque não é muito simples de utilizar. Não acredito que todos os exemplos apresentados foram desenvolvidos utilizando-se a proporção áures….acho que foi coisa do acaso.

  3. André Luna

    Confesso q nunca entendi esses desenhos que os designers fazem em cima do Retângulo de ouro,
    não vejo muita logica, a pessoa cria um desenho, a maça da Apple pro exemplo, e depois mete uns círculos e retângulos e pronto, esta na proporção divina…rsss …

Comentários desabilitados.