Desafio Design Braskem Odebrecht – 3 edições de projetos em plástico

Desafio Design Braskem Odebrecht – 3 edições de projetos em plástico

A Braskem e a Odebrecht organizaram mais uma edição do Desafio de Design, concurso entre estudantes universitários que estimula novos talentos a desenvolver em aplicações inovadoras com plástico em peças de mobiliário. Os estudantes, como nas edições anteriores, projetam os móveis atendendo aos conceitos de sustentabilidade, praticidade e inovação, cada ano com um tema diferente.

A ideia surgiu quando, ao pensar nos projetos de interiores do Edifício Odebrecht em São Paulo, as empresas optaram por envolver jovens talentos do design brasileiro no processo de criação do mobiliário da área de convivência do novo prédio.

Em 2013, no primeiro desafio, o grupo do IED (Istituto Europeo di Design) foi o vencedor do projeto e criou peças para a praça de convivência do Edifício Odebrecht. Foram cadeiras e bancos que você confere a seguir. A mesa da linha Coral, que também compõe o mobiliário, foi criada pela equipe da FAAP, o que resultou em menção honrosa pela peça.  Aliás, os móveis da linha ‘Elo’ e da linha ‘Coral’, elaborada pelos estudantes do IED e FAAP, estiveram este ano no Salone del Mobile, em Milão.

bancos perspectiva abertura02 amarelo_azul azul cadeiras perspectiva mesa e cadeira Mesa FAAP untitled.161[1] untitled.164

Com 6 universidades participantes, 2014 teve o tema escolar: ensino infantil e fundamental/médio. Nesta disputa o plástico leva vantagem por ser leve, de fácil transporte, durável, resistente, ergonômico e reciclável. Os projetos vencedores em cada categoria foram os grupos da UNIP (Universidade Paulista) e FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado), na categoria ensino infantil, que receberam R$ 15.000,00 como prêmio.

Equipe UNIP

DSC05774

Equipe FAAP

DSC05788

 

Na terceira edição, também focada no plástico, os estudantes estão se empenhando para criar mobiliário urbano em três espaços de convivência de empreendimentos da Odebrecht Realizações Imobiliárias em São Paulo. Até junho, os 6 grupos, compostos por estudantes de Design e Arquitetura, vão competir para criar peças nas categorias social (mesa, bancos e cadeiras) e playground.

“Nosso objetivo é fomentar o uso de plástico pelos jovens designers brasileiros, solução inteligente que atinge níveis de acabamento e qualidade únicos, diferenciais que podem ser mais explorados no País”, afirma Walmir Soller, diretor de Polipropileno da Braskem.

 

post_patrocinado

Comentários

comments

Compartilhe

Sobre o autor

Danilo Cava é turismólogo (isso existe?), mas comunicólogo de profissão e coração. Brincalhão, nerd, organizado, gosta de videogames, cozinhar e ler. Viciado em arte, cinema e design é especialista em acompanhar séries no Netflix.

Veja todos os artigos deDanilo Cava