Quinta Bienal de Tipografia Latino-Americana – Brasília de 22 a 26 de outubro

A Quinta Bienal de Tipografia Latino-Americana chega pela primeira vez a Brasília como parte da programação do FLAAC 2012 http://www.flaac2012.com.br/ Festival Latino-Americano e Africano de Arte e Cultura, que será realizado na UnB – Universidade de Brasília de 22 a 26 de outubro de 2012.

A abertura da exposição se dá às 17h do dia 22 de outubro de 2012 no Mezzanino da Ala Norte do ICC – Instituto Central de Ciências. No dia 23, acontece no Anfiteatro 13 do ICC – Instituto Central de Ciências o Seminário Design e Cultura na América Latina, com palestras de Fabio Lopez (BR), Fernando Díaz (UY), Juan Carlos Darías (VE), Juan Pablo del Peral (AR), Viviana Monsalve (CO) e Volnei Matté (BR), e mediação de Bruno Porto (BR). Fabio, Juan Carlos e Viviana atuaram como jurados da Bienal Tipos Latinos 2012. A entrada é gratuita tanto para a mostra como para o seminário.

Este ano foram inscritos 376 projetos. Um júri composto por typedesigners internacionais da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, México, Uruguai e Venezuela se reuniram no mês de março em Caracas e selecionaram 76. Dentre eles, 9 são de brasileiros. “Esta foi a seleção mais rígida de todas as edições da Bienal Tipos Latinos”, comentou o jurado brasileiro e coordenador técnico do Comitê Tipos Latinos Brasil, o designer Fabio Lopez.

Vale ressaltar que o Brasil é o único país a marcar presença em todas as 6 categorias da Bienal Tipos Latinos 2012, com ênfase nas categorias apontadas pelos especialistas como as mais sofisticadas: Texto – com dois projetos – e Família – com três projetos. “Este resultado reflete não apenas a versatilidade, como também um amadurecimento dos nossos typedesigners” diz o coordenador executivo do Comitê Tipos Latinos Brasil, o designer Bruno Porto.

Os projetos selecionados são de autoria de designers oriundos dos quatro cantos do nosso país – Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Ou até mesmo, “do mundo”, já que alguns designers estão radicados no exterior. É o caso do paulista Fernando Mello, que mora em Londres; do carioca Thales Aquino, que vive na Cidade do México; e do pernambucano Deiverson Ribeiro, que desenvolveu a fonte de texto Bueh em conjunto com o argentino Alfonso Garcia, em Buenos Aires.

Uma novidade desta edição é o crescimento da única categoria aberta para participação de designers de todas as nacionalidades: a categoria Design com Fontes Latino-Americanos. Projetos editoriais, logotipos, cartazes, peças publicitárias e promocionais que usam estas fontes foram enviados, não apenas de países da América Latina, mas também Estados Unidos, Inglaterra, Dinamarca e República Tcheca. E o nível destes trabalhos esteve tão alto que os jurados concordaram em ampliar a categoria de 10 para 14 projetos selecionados, pois acreditam ser uma vitrine para os “tipos latinos” fora do continente. Entre os selecionados está a nova identidade da marca esportiva Penalty, de autoria da agência OZ Design, que utiliza a fonte Ginga, projeto do typedesigner paulistano Luciano Cardinali.

Sobre a Bienal Tipos Latinos

A Bienal Tipos Latinos possui sedes em 13 países – Argentina, Brasil, Bolívia, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, Guatemala, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela – onde a mostra é realizada, simultaneamente, a cada dois anos. Realizada desde 2004 – inicialmente com o nome Letras Latinas – a Bienal é organizada pelo Comitê Tipos Latinos, composto por tipógrafos, designers, educadores e entusiastas em trabalho voluntário. Informações em Português: http://www.tiposlatinos.com/2012/index_pt.php

Sobre os Apoiadores Nacionais

A realização da Bienal Tipos Latinos 2012 no Brasil tem o apoio da Atypi – Association Typographique Internationale, ADG Brasil – Associação dos Designers Gráficos, Boldº_a design company, 2AB Editora, Tipocracia Estado Tipográfico e TypoGraphicPosters.com.

– ATypI, fundada em 1957, reúne os principais nomes da comunidade tipográfica internacional, fornecendo estrutura para comunicação, informação e ações diversas: www.atypi.org

– ADG Brasil – Associação dos Designers Gráficos, entidade profissional mais longeva do país, fundada em 1989 e realizadora de 9 edições da Bienal Brasileira de Design Gráfico: www.adg.org.br

– Boldº_a design company, fundada em 2009, é dirigida por dois pioneiros no desenvolvimento de fontes digitais no Brasil nos anos 1990 – Billy Bacon e Leonardo Eyer – e responsável pelo design de fontes exclusivas para clientes como Guaraná Kuat, Deborah Colker, Festival Multiplicidade, Revista Vizoo e Monobloco.

– 2AB Editora, fundada em 1997, é a primeira e única editora do país especializada em design e que só publica autores brasileiros, com mais de 40 títulos adotados em instituições de ensino do país: www.2ab.com.br

– Tipocracia Estado Tipográfico, projeto educacional que desde 2003 promove a cultura tipográfica brasileira através de mais de 150 palestras e oficinas com 2000 pessoas de 6 países da América Latina e Europa: www.tipocracia.com.br

– Typo/Graphic Posters, plataforma online criada em 2008 para promover a tipografia e o design gráfico internacional, reunindo 3000 profissionais de diversos países: www.typographicposters.com

 

Projetos brasileiros selecionados para a Tipos Latinos 2012:

– Categoria: Título

Projeto: Fluence

Autor(es): Eduilson Wessler Coan :: dooType (Curitiba)

 

– Categoria: Texto

Projeto: Nassau

Autor(es): Paulo André Chagas (São Paulo)

Projeto: Bueh

Autor(es): Deiverson Ribeiro & Alfonso Garcia (Pernambuco / Buenos Aires)

 

– Categoria: Miscelânea

Projeto: Mayence Ornaments

Autor(es): Isac Corrêa Rodrigues (Rio Grande do Sul)

 

– Categoria: Família

Projeto: Karol

Autor(es): Daniel Sabino (São Paulo)

Projeto: Ninfa Serif

Autor(es): Eduilson Wessler Coan :: dooType (Curitiba)

Projeto: FS Pimlico

Autor(es): Fernando Mello (São Paulo)

 

– Categoria: Experimental

Projeto: Articulada

Autor(es): Thales Aquino (Rio de Janeiro)

 

– Categoria Design com fontes latino-americanas

Projeto: Penalty (fonte Ginga)

Autor(es): Oz Design / Luciano Cardinali (São Paulo)

 

Sobre o Comitê Tipos Latinos Brasil

Coordenador Técnico: Fabio Lopez é designer e mestre pela ESDI. Desenvolve projetos de identidade, moda e ilustração, além de, desde 1998, pesquisar e desenvolver fontes digitais. Tem projetos de design gráfico apresentados em exposições e publicações nacionais e internacionais. Jurado brasileiro das 4ª e 5º Bienais Latino-Americanas de Tipografia Tipos Latinos, leciona na PUC Rio e ministra sua oficina ‘Typofreaks – tipografia diferente’ em instituições de ensino e agências de design.

Coordenador Executivo: Bruno Porto é designer gráfico, educador e curador carioca com trabalhos premiados, expostos e publicados internacionalmente. Além de Coordenador Executivo da Bienal Tipos Latinos 2012, é Conselheiro da Sociedade dos Ilustradores do Brasil – SIB, já tendo atuado na ADG Brasil como Diretor (2004-2006), Coordenador RJ (2002-2004) e membro do Conselho de Ética (2009-2011). É autor de diversos textos e livros sobre design como Vende-se Design (2011, 2AB), Asian Graphics NOW! (2010, TASCHEN, com Sadao Maekawa) e Memórias Tipográficas (2003, 2AB). Atualmente reside em Brasília depois de viver em Xangai entre 2006-2012.

Coordenação da Programação Paralela: Marina Chaccur é designer pela FAAP, com mestrados em Type Design pela Koninklijke Academie van Beeldende Kunsten e Design Gráfico pelo London College of Communication – LCC. Ex-diretora da ADG Brasil (2007-2009), atualmente é membro da diretoria da Association Typographique Internationale – ATypI, tendo atuado como delegada da associação no Brasil entre 2007-2010. Costuma participar da organização de diversos congressos, workshops, seminários e exposições no Brasil e no exterior, além de ter palestrado em eventos como ATypI 2006 em Lisboa, T-Convoca 2007 em Buenos Aires e DiaTipo Natal 2011. Colaborou com a organização das atividades paralelas das últimas edições da Bienal Tipos Latinos no Brasil.

Conselho de Curadores: 

Cecilia Consolo é designer e doutoranda em Ciência da Comunicação pela ECA/USP. Atua há mais de 30 anos no desenvolvimento de projetos de comunicação, consultoria de Identidade de marcas, design de marcas e alinhamento de Identidade Corporativa, tendo fundado em 1986 a Consolo & Cardinali Design em parceria com o designer Luciano Cardinali. Concebeu e organizou a mostra Tipografia Brasilis (2000, 2001 e 2002) e foi responsável pela coordenação brasileira da organização da Bienal TIPOS LATINOS, atuando como organizadora e representante do Brasil nas edições de 2004 a 2010. Participou ainda da organização da 4ª Bienal Brasileira de Design Gráfico e do júri nas 5ª e 7ª edições; foi responsável pela organização da programação paralela na 6ª edição e coordenadora da mostra Bienal Letras Latinas na 7ª; reformulou e fez a curadoria geral da 9ª edição, cuja narrativa foi transformada no livro “Anatomia do Design” (Editora Blucher, 2009).

Luciano Cardinali é typedesigner, designer gráfico e artista plástico formado pela FAAP. Atua como designer desde 1981, começando a desenhar fontes em 1993. Seus trabalhos já mereceram uma exposição retrospectiva na Bienal de Design em Curitiba em 1997, além de já ter participado de várias mostras internacionais onde representou o Brasil. Recebeu vários prêmios, entre eles o 1º lugar no Prêmio Max Feffer e no Prêmio Fernando Pini. Especialista no desenvolvimento de fontes digitais institucionais, sua prática é direcionada para Marcas e Identidade Corporativa. Premiado na mostra Tipografia Brasilis 2 (2001), atuou como o jurado brasileiro das Bienais Letras Latinas / Tipos Latinos (2004, 2006 e 2008) e coordenador brasileiro da 4ª Bienal Tipos Latinos (2010). Membro da coordenação editorial da Revista da ADG durante seis anos, tem coordenado também alguns dos principais workshops tipográficos realizados no Brasil. É autor do livro “Garamond: Letras que bailam” (Edições Rosari, 2005) e traduziu para o português vários títulos da editora Blucher, com destaque para Stop Stealing Sheep & find out how type works de Erik Spiekermann.

Comentários

comments

Compartilhe

Sobre o autor

Designer apaixonado pelo que faz, fundador e editor do DESIGN on the ROCKS. Brasileiro, natural de Jacareí - SP. Atualmente trabalha como Freelancer de gráfico e produto.

Veja todos os artigos deDomenico Justo